Inspirações…

Um dos pontos fortes do Projeto Biotecnologia são as palestras ministradas por diferentes profissionais. Em 2012, os alunos do Biotec tiveram a oportunidade de conhecer e aprender com especialistas de diversas áreas.

A primeira palestrante foi a consultora científica do projeto: Dr. Lygia da Veiga Pereira. Com um currículo reconhecido internacionalmente, Dr. Lygia trabalha em parceria com o colégio desde o primeiro ano do projeto. Durante a palestra os alunos tiveram contato com conceitos básicos sobre Biotecnologia e com a inspiradora história profissional da cientista.

O assunto seguinte foi Bioética. O ex aluno do Band, advogado e estudante de medicina Diógenes Batista explicou para os alunos fundamentos da Bioética e deu exemplos práticos de situações em que médicos e pesquisadores se deparam com situações complexas, sensibilizando os alunos para importância da Bioética.

A professora do Band Regina Mara da Fonseca, que há 15 anos contribui para o projeto, mais uma vez provocou a reflexão dos alunos a partir do seu olhar crítico e realista sobre os aspectos políticos e econômicos relacionados aos transgênicos.

O tema empreendedorismo foi trabalhado por dois especialistas no assunto: Marcella Maria Monteiro de Barros Coelho e Eduardo Zlotnik. Marcella é advogada e atualmente trabalha na Endevor, uma organização internacional sem fins lucrativos, que promove o empreendedorismo de alto impacto como solução para o desenvolvimento e dissemina suas histórias e lições aprendidas para inspirar e preparar uma nova geração de empreendedores. Eduardo, ex aluno do Colégio Bandeirantes e pai de um dos alunos do projeto de 2012 (Marcelo Zlotnik), é médico e Vice Presidente do Hospital Albert Einstein, sendo uma das suas funções selecionar projetos para investir pensando no desenvolvimento do hospital, tendo em vista a missão da instituição filantrópica que se baseia na responsabilidade social e contribuição para a sociedade brasileira. Mas o que profissionais de formações tão distintas tem em comum? Carreiras empreendedoras que entusiasmaram os alunos, mostrando que é possível conciliar realização profissional e responsabilidade social.

A idéia de trazer diferentes profissionais tem tudo a ver com o que as professoras Ana Cristina Camargo e Marina Schwarz entendem como uma formação científica, que não se restringe apenas a aprender conceitos específicos na área de Biológicas, mas engloba valores como bioética e responsabilidade social. Mais do que o conhecimento formal ensinado durante as palestras, os alunos puderam conviver com pessoas dedicadas, que gostam do seu trabalho e fazem a diferença na sua área de atuação.