Preparando o TCC…

Para os alunos do Projeto Biotecnologia, o 3o. bimestre começou com a proposta de um Trabalho de Conclusão de Curso (TCC), com a apresentação de um protótipo de Biologia Sintética que envolva os conceitos relacionados à Biologia Sintética, Inovação e Empreendedorismo!
O trabalho que será apresentado no 4o. bimestre e que representará a finalização do curso, vem sendo desenvolvido pelos alunos com base nas aulas e atividades do projeto, palestras com profissionais da área e módulos práticos realizados na USP.
Para tanto, os alunos receberam os palestrantes Kaidu Hanashiro Barrosa e Mateus Schreiner Garcez Lopes, ambos ex-alunos do Band e que fizeram apresentações sobre Empreendedorismo, Inovação Tecnológica e Marketing, ressaltando a trajetória profissional, mercado de trabalho, investimentos, processo de pesquisa e sua aplicabilidade aos diferentes contextos, considerando além do aspecto econômico, os aspectos ambientais e sociais.

Palestra sobre Biotecnologia, Empreendedorismo e Inovação, com Kaidu H. Barrosa.

A palestra que teve como foco o Empreendedorismo, ministrada por Kaidu H. Barrosa, Bacharel em Biotecnologia pela UFSCAR  e mestrando na área de Química de Produtos Naturais, discutiu a produção do conhecimento científico e inovação, a parceria entre universidade e empresas, despertando a ideia de Incubadoras de Biotecnologia, o que gerou grande interesse nos alunos.

Palestra: Marketing e Plano de Negócio na área da Biotecnologia, com Mateus Schreiner.

Mateus Schreiner, Doutor em Engenharia Metabólica e responsável pela área de Inovação  em Biotecnologia na Braskem, apresentou aos alunos a proposta de Plano de Negócio na área da Biotecnologia, a partir de um problema com relevância social e ambiental. Nesse sentido, a palestra discutiu a importância da escolha da ferramenta de Biotecnologia a ser utilizada, o mercado, a captação de recursos e o Marketing de um produto biotecnológico que possa ser economicamente atraente e ambientalmente sustentável. Muitas perguntas foram feitas sobre questões como desenvolvimento de pesquisa e produtos, investimentos, propriedade intelectual e inovação!


Os módulos práticos, desenvolvidos na USP, permitiram a aplicação dos conhecimentos e a vivência da pesquisa em Transformação Bacteriana e PCR, além do contato e troca de experiências com os pesquisadores.

Conhecer as técnicas e os procedimentos práticos, além de considerar os conceitos apresentados nas palestras permitiu a ampliação da visão e a reflexão sobre os limites e as possibilidades da Biotecnologia para aplicação das ideias na construção do protótipo de Biologia Sintética dos grupos… Agora é a vez transformar o projeto em uma apresentação que agregue os conceitos aprendidos!! Até o 4o. bimestre!!!